Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Dor no braço depois da vacina: veja o que fazer para diminuir eventos adversos

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 29 nov 2021 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Dor no braço depois da vacina: veja o que fazer para diminuir eventos adversos

Dor no braço depois da vacina é um evento adverso comum que pode ocorrer após a aplicação de qualquer imunizante disponível no calendário vacinal.   

A principal dúvida é se isso ocorre por conta do efeito da agulha ou da própria substância. A resposta é que essa dor está associada aos componentes utilizados para formulação e significa uma reação do próprio organismo, indicando o estímulo do sistema imunológico.  

Dor no braço após vacina: como aliviar a sensação?

Vacinas podem causar uma reação local de inflamação, mas, na maioria das vezes, não é necessário se preocupar, uma vez que esse sintoma não demora a passar e é extremamente comum.   

Para aliviar a dor no braço, especialistas recomendam o uso de compressa gelada no local da injeção. Enquanto estiver com a dor no braço, é indicado evitar fazer força, pegar peso e, até mesmo, praticar atividade física.   

Caso o sintoma não melhore em até 48 horas ou esteja atrelado a outros eventos adversos, como a febre elevada, o paciente deverá procurar auxílio profissional para investigação.  

Eventos adversos a vacinas: quais os mais comuns e como aliviar os sintomas?

Todas as pessoas podem reagir de uma maneira diferente quando imunizadas.  

Para entender isso, é necessário saber como as vacinas agem no organismo, todos os passos para a criação de anticorpos e quais as possíveis reações que podem surgir dependendo do imunizante.  

Os principais eventos adversos são: 

Dor de cabeça e febre 

Dor de cabeça e febre fazem parte das reações de vacinas comuns.   

Na presença destes sintomas, recomenda-se conversar com um médico para saber se pode utilizar medicamentos, como antitérmicos e analgésicos a fim de aliviar as reações. Outra forma de ajudar, é repousar no dia da administração do imunizante.  

Na hora de vacinar seu filho, algumas vacinas podem causar a reação adversa de febre em bebê, o que pode ser preocupante para os pais. É importante dizer que o sintoma costuma passar em algumas horas e sem grandes complicações. Manter o calendário de vacinação atualizado em todas as fases da vida é fundamental para reduzir chances de doenças graves. 

Inchaço e vermelhidão no local  

Inchaço e vermelhidão no local da aplicação podem ocorrer devido a reação inflamatória, assim como a dor no braço. Nesses casos, o indicado é aplicar gelo no local da vacina, sempre devidamente coberto para que não haja contato direto com a pele, o que pode causar uma irritação ainda maior. 

Cansaço e mal-estar  

Após tomar uma vacina, o indivíduo pode se sentir mais cansado e ter mal-estar. Para reduzir os sintomas, recomenda-se descansar e evitar atividades que exigem muito esforço. Além disso, é importante se manter hidratado durante todo o dia, dando preferência para o consumo de água, chás e água de coco.  

Efeitos colaterais vacinas: quanto tempo podem durar?

Como citado acima, as principais reações adversas são dor de cabeça, febre, dor e vermelhidão no local da injeção, mal-estar e cansaço.   

Normalmente são sintomas passageiros que demorar de 24 a 48 horas para passar.  

Quando procurar um médico?

Recomenda-se procurar um médico para avaliar o motivo e tratar da forma adequada quando os sintomas persistirem por mais de 72 horas ou se aparecerem sinais ou sintomas diferentes dos habituais. 

Fontes 

NSC Total. DOR NO BRAÇO depois da vacina contra Covid? Entenda. Disponível em: DOR NO BRAÇO depois da vacina contra Covid? Entenda 

Tua Saúde. Como aliviar as reações mais comuns das vacinas. Disponível em: https://www.tuasaude.com/reacoes-adversas-das-vacinas/ 

Comentários