Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas “Flurona”: Sintomas da coinfecção de Covid-19 e influenza e a eficácia de suas vacinas

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 02 fev 2022 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

“Flurona”: Sintomas da coinfecção de Covid-19 e influenza e a eficácia de suas vacinas

Flurona foi o nome dado à infecção simultânea de Influenza e Covid-19.   

Atualmente, essa nova condição está afetando diversas pessoas e traz preocupação quanto aos sintomas que pode causar.  

Influenza e Covid-19: Como saber com qual estou infectado? 

No geral, os sintomas são muito semelhantes. Para uma certeza diagnóstica é necessário realizar testes diagnósticos para a identificação do agente causador. Veja mais sobre os sintomas de cada uma das infecções: 

Sintomas da Ômicron  

Os sintomas mais comuns da variante Ômicron incluem: 

  • Tosse; 
  • Dor de garganta; 
  • Espirros; 
  • Dor de cabeça; 
  • Náuseas;
  • Dores musculares; 
  • Diarreia. 

Até o momento, a maioria dos casos de infecção pela nova variante foram leves ou assintomáticos nas pessoas com o esquema vacinal completo para covid-19. 

Sintomas da variante Delta 

 Quando se trata da variante Delta, os principais são: 

  • Obstrução nasal;
  • Coriza; 
  • Tosse; 
  • Dor de garganta; 
  • Dor de cabeça; 
  • Irritabilidade;
  • Falta de apetite; 
  • Diarreia; 
  • Vômitos; 
  • Dor abdominal; 
  • Manchas na pele. 

Sintomas de “Flurona” 

Os principais sintomas que podem indicar a coinfecção são:  

  • Febre;
  • Dor no corpo; 
  • Mal-estar geral; 
  • Dor de garganta ou para engolir. 
  • Tosse. 

Sintomas de Influenza H1N1 

Sintomas que podem significar infecção por gripe H1N1: 

  • Dores musculares; 
  • Diarreia;
  • Náusea; 
  • Vômito; 
  • Febre; 
  • Calafrios; 
  • Fadiga;
  • Congestão; 
  • Nariz escorrendo; 
  • Espirros. 

Sintomas de Influenza H3N2 

Os principais sintomas da gripe H3N2 incluem: 

  • Febre alta com início agudo,  
  • Dor de cabeça; 
  • Dores articulares;
  • Constipação nasal; 
  • Inflamação de garganta; 
  • Tosse.  

Outras manifestações são vômito e diarreia, sendo mais comuns em crianças. 

A vacina da gripe protege contra “flurona”? 

Vacina da gripe e vacina Covid-19 são diferentes, então, para se prevenir da coinfecção Flurona, é necessário estar vacinado com os dois imunizantes. 

Estar vacinado não significa que a coinfecção não possa ocorrer, mas reduz grandemente a chance de uma evolução mais grave do quadro. 

Qual a diferença entre o vírus da Covid-19 e H3N2? 

O SARS-CoV-2 (causador da Covid-19) e o vírus Influenza (causador da gripe) são vírus distintos. Em questão de transmissão e sintomas, ambos são muito semelhantes.  

Qual o tempo de incubação da Covid-19 e da influenza? 

O período de incubação da Covid-19, ou seja, o tempo que a doença pode levar para se manifestar, é de 2 a 14 dias. 

Já o dos vírus influenza normalmente é de 2 dias, podendo variar entre 1 e 4 dias. 

Estou com sintomas de Covid-19 e influenza, como evitar transmissão para outras pessoas? 

A prevenção contra infecções depende da vacinação específica de cada uma delas, diagnóstico correto, isolamento dos infectados e os cuidados individuais, como evitar aglomerações; higienizar as mãos e usar máscaras de proteção. 

Quanto tempo depois de ter Covid-19 posso tomar a vacina da gripe? 

Para tomar a vacina da gripe, a pessoa deve estar sem sintomas de covid-19 por pelo menos 24 horas e ter pelo menos 10 dias do início dos sintomas. 

Pessoas a partir de 12 anos não têm mais necessidade de aguardar 14 dias entre uma dose de vacina Covid-19 e a vacina da gripe. 

Só crianças entre 5 e 11 anos que tiverem recebido a vacina covid-19 devem aguardar 14 dias para tomar qualquer outra vacina.  

Esteja atento às datas da campanha da vacina da gripe e tire todas suas dúvidas sobre a vacina da gripe. Não deixe de se proteger contra novos surtos.   

Onde posso tomar a vacina da gripe? 

Vacinas da gripe na rede privada e pública são diferentes.  

Nos serviços públicos, a vacina da gripe trivalente está disponível para grupos considerados prioritários pelo Ministério da Saúde, que são as pessoas com maior risco de adoecimento e de evolução para quadros graves.  

Já nos serviços privados de vacinação, as vacinas trivalentes e quadrivalentes estão disponíveis para pessoas a partir de 6 meses, sem restrições de idade.  

Fontes 

IFF FioCruz. O que se sabe sobre a Variante Delta. Disponível em: http://www.iff.fiocruz.br/index.php/8-noticias/782-variante-delta 

Secretária de Estado de Saúde. H3N2: SES orienta população sobre os cuidados contra a Influenza em MS. Disponível em: https://www.saude.ms.gov.br/h3n2-ses-orienta-populacao-sobre-os-cuidados-contra-a-influenza-em-ms/#:~:text=O%20per%C3%ADodo%20de%20incuba%C3%A7%C3%A3o%20dos,infec%C3%A7%C3%A3o%20assintom%C3%A1tica%2C%20at%C3%A9%20formas%20graves. 

Comentários