Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Grávidas podem tomar a vacina contra o COVID-19?

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 03 maio 2021 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Grávidas podem tomar a vacina contra o COVID-19?

O CDC e o Comitê Consultivo em Práticas de Imunização (ACIP) dos Estados Unidos forneceram informações para esclarecer se as grávidas podem tomar a vacina e auxiliar em sua decisão de receber a imunização.

As recomendações atuais são para que as gestantes definam a melhor opção sobre se imunizar com seus médicos.

Gestantes poderão receber a vacina contra o COVID-19?

De acordo com o CDC e a ACIP, a vacina COVID-19 é opcional para gestantes. Atualmente, o ACIP recomenda que os grupos considerados prioritários, como profissionais de saúde e outros trabalhadores essenciais da linha de frente ao combate da doença, recebam a vacinação durante os primeiros meses do programa de vacinação COVID-19. Gestantes que fazem parte de um grupo recomendado para receber a vacina COVID-19 podem optar ou não pela vacinação. 

A recomendação geral é para que cada gestante converse com o seu médico, que poderá auxiliar no melhor a ser feito. 

A tecnologia da vacina afeta no risco para a gestante?

O que se sabe até o momento é que as vacinas de mRNA não contêm o vírus vivo do Coronavírus e não são capazes de causar a doença. As vacinas de mRNA funcionam de modo que não interagem com o DNA de uma pessoa, pois o mRNA não entra no núcleo da célula. As células quebram o mRNA rapidamente. Com base na funcionalidade, os especialistas acreditam que é muito improvável que a imunização cause algum tipo de evento adverso nas gestantes.

As vacinas com o vírus inteiro inativado (a CoronaVac) ou com o vetor de adenovírus não replicante (Covishield), disponíveis no Brasil, também são inativadas.

Por que não foram feitos testes da vacina em grávidas?

Atualmente os dados são limitados sobre a segurança das vacinas COVID-19 para gestantes, porém os pesquisadores têm estudos planejados para esse grupo.

Até que os resultados dos ensaios clínicos e estudos adicionais estejam disponíveis, apenas dados limitados estão disponíveis sobre a segurança das vacinas COVID-19, incluindo vacinas de mRNA, administradas durante a gravidez.

O CDC e a Food and Drug Administration (FDA) têm sistemas de monitoramento de segurança em funcionamento para coletar informações sobre a vacinação durante a gestação e planejam monitorar os relatórios de perto.

A vacina contra o coronavírus pode afetar o feto?

Ainda não se sabe ao certo se as vacinas podem ser prejudiciais para o feto. O que se sabe é que, baseando-se nos dados observacionais, as gestantes com COVID-19 têm um maior risco de doenças graves, incluindo enfermidades que resultam em atendimento em UTI, ventilação mecânica e morte em comparação com mulheres não grávidas de idade reprodutiva.

Quais os riscos do coronavírus para as grávidas ou para o bebê?

Além disso, as grávidas com COVID-19 podem apresentar maior risco de resultados adversos da gravidez, como parto prematuro, em comparação com mulheres grávidas sem COVID-19. 

Como as grávidas podem se proteger do COVID-19?

As gestantes devem seguir todas as orientações do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS), que são: 

  • Usar máscaras de proteção;
  • Manter 2 metros de distância das outras pessoas;
  • Evitar lugares com aglomerações;
  • Lavar as mãos com água e sabão por 20 segundos com frequência;
  • Usar álcool em gel 70% com frequência;
  • Seguir as orientações de quarentena após a exposição ao COVID-19.

Quais vacinas grávidas não podem tomar?

As vacinas não recomendadas durante o período gestacional, são:

  • Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola);
  • HPV;
  • Varicela (catapora);
  • Dengue.

As vacinas que grávidas devem tomar incluem:

  • Vacina dTpa ou dTpa-VIP;
  • Dupla adulto (difteria e tétano) – dT;
  • Hepatite B;
  • Influenza (gripe).

Algumas vacinas podem ser solicitadas caso a gestante apresente riscos aumentados para essas determinadas doenças. São elas:

  • Hepatite A;
  • Hepatite A e B;
  • Pneumocócicas;
  • Meningocócicas conjugadas ACWY/C;
  • Meningocócica B;
  • Febre amarela.

As seguintes vacinas podem ser aplicadas no puerpério e durante a amamentação:

  • Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola);
  • HPV;
  • Varicela (catapora).

Fonte

CDC. Vaccination Considerations for People who are Pregnant or Breastfeeding. Disponível em: https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/vaccines/recommendations/pregnancy.html

Vacinas relacionadas

		    
		    
		    
	  	

Comentários