Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Gripe H3N2: entenda os sintomas, como é transmitida e como tratar a gripe

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 20 dez 2021 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Gripe H3N2: entenda os sintomas, como é transmitida e como tratar a gripe

H3N2 é um subtipo do vírus Influenza A que circula no Brasil e no mundo desde 1968. Pode acometer desde crianças até idosos e apresenta um grande potencial de risco caso o vírus seja recombinado com material genético de uma variante de influenza não humano.   

A vacinação anual contra a gripe é a garantia da redução de casos e mortes causadas pelo H3N2.  

O que é o vírus H3N2?  

H3N2 é um subtipo de Influenza vírus A, também chamado de vírus do tipo A, o principal causador da gripe. 

Quais os sintomas da gripe H3N2?  

Os principais sintomas do H3N2 são: febre alta com início agudo, dor de cabeça, dores articulares, constipação nasal e inflamação de garganta e tosse. Outras manifestações incluem vômito e diarreia, ocorrendo mais comumente em crianças. 

Estes são os mesmos sintomas da gripe H1N1 e outros tipos de influenza. 

Durante a infância é quando o sistema imunológico ainda está em formação, tornando as crianças mais suscetíveis a doenças e aos sintomas graves delas. Saber sobre vacinas para crianças: quais devem tomar é fundamental para fornecer a proteção necessária para essa faixa etária.  

Outros grupos que também podem apresentar influenza grave são: gestantes, pessoas imunodeprimidas ou com algumas doenças de base e idosos. 

Quanto tempo duram os sintomas?  

Normalmente os sintomas de gripe duram de 3 a 7 dias, mas podem se prolongar, dependendo da gravidade da doença.  

O tratamento do H3N2 é o mesmo dos demais tipos de Influenza, sendo necessário acompanhamento de suporte para casos leves e moderados. 

Quando a doença acomete o paciente de forma mais grave, pode ser necessário internação e uso de medicamento antiviral específico, que deve ser sempre prescrito por um médico.  

Consultar-se com um médico frente à ocorrência de sintomas respiratórios é fundamental em tempos de pandemia por Covid-19 e, atualmente, frente ao ressurgimento de infecções por vírus influenza mesmo fora do período em que costumam ocorrer (outono e inverno). 

H3N2: transmissão do vírus  

A transmissão ocorre por contato direto entre uma pessoa infectada e uma saudável, pela saliva, secreções respiratórias e contato com superfícies contaminadas.   

Algumas dicas para a prevenção da gripe são: 

  • Higienizar frequentemente as mãos com água e sabão; 
  • Evitar aglomerações e ambientes fechados; 
  • Utilizar máscaras de proteção; 
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; 
  • Tomar a vacina anualmente; 
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal. 

Qual a diferença entre H3N2 e H1N1?  

 A única diferença entre eles é o próprio vírus causador da gripe. Os sintomas, tratamento e transmissão são semelhantes.   

Quais os tipos de influenza existentes?  

As infecções pelo vírus da gripe são causadas todos os anos por variantes de vírus influenza. Na vacina quadrivalente estão contemplados dois do tipo A: influenza A (H1N1) pdm09 e A(H3N2), e o influenza B, para o qual existem duas linhagens, Victoria e Yamagata. 

Como os vírus influenza sofrem mutações frequentes, a vacina é formulada a cada ano de acordo com as cepas que circularam recentemente. Esse fato, associado à queda dos anticorpos alguns meses após a vacinação, faz com que seja necessário se vacinar para influenza todos os anos. 

Para tirar suas dúvidas sobre vacina da gripe, existem dois tipos disponíveis: 

  • Vacina trivalente: possui duas cepas de vírus A e uma cepa de vírus B. 
  • Vacina quadrivalente: contém duas cepas de vírus A e duas cepas de vírus B. 

A vacina da influenza protege contra o vírus H3N2?   

Sim, a vacina confere proteção contra as cepas dos subtipos A (H1N1, A (H3N2) e B.  

É importante explicar que as vacinas da gripe da rede privada e pública são diferentes. Na rede privada, a vacina é tetravalente, ou seja, protege contra 4 tipos diferentes de vírus. Na rede pública, o imunizante está disponível apenas na forma trivalente, conferindo proteção contra 3 tipos de vírus. 

Há necessidade de um intervalo entre as doses da vacina do COVID-19 e a vacina da gripe?   

Não há mais necessidade de aguardar 14 dias entre uma dose de vacina Covid-19 e outras vacinas.  

É possível estar infectado por H3N2 e Covid-19 ao mesmo tempo? 

A coinfecção entre o vírus SARS-CoV-2 (causador da COVID-19) e outros vírus pode ocorrer, mas trata-se de evento raro. Entretanto, isso pode levar a quadros mais graves. Por isso, estar imunizado contra os dois vírus –influenza e SARS-CoV-2- é muito importante. 

Fontes 

Tua Saúde. Gripe H3N2. Disponível em: https://www.tuasaude.com/gripe-h3n2/ 

Portal FioCruz. Gripes H2N3 e H3N2: virologista esclarece dúvidas sobre os tipos de vírus em circulação. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/noticia/gripes-h2n3-e-h3n2-virologista-esclarece-duvidas-sobre-os-tipos-de-virus-em-circulacao 

Vacinas relacionadas

		    
	  	

Comentários