Agende já suas vacinas
Vacinas
11 set 2020 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Saiba o que é Herpes zoster, os sintomas e as principais dúvidas sobre a doença

O Herpes Zoster é uma doença causada pelo Vírus Varicela Zoster (VVZ) que se não tratado pode trazer grandes complicações a pessoa. Entenda como se prevenir e tratar a doença.

O que é Herpes zoster?

O Herpes Zoster, popularmente conhecido como Cobreiro, é causado pelo Vírus varicela-zoster (VVZ), que é o mesmo da catapora. O vírus permanece em latência no organismo humano durante toda a vida.

A reativação do vírus pode ocorrer em adultos ou em pessoas que possam ter algum tipo de comprometimento imunológico. É uma doença grave e que pode causar muita dor.

Como o Cobreiro é transmitido?

O Cobreiro é transmitido através do contato com lesões de pele da pessoa contaminada.

Sintomas da Herpes zoster

Os sintomas da Herpes zoster pode se manifestar através de:

  • Lesões;
  • Ardor e coceira local;
  • Febre;
  • Dor de cabeça;
  • Mal-estar;
  • Dor intensa no local em que as lesões de pele se formaram;
  • Parestesias (formigamento, agulhadas, adormecimento, pressão etc).

Mão com herpes zóster

Herpes zoster é contagioso?

Sim, a doença pode ser contagiosa. Mesmo sendo difícil a transmissão por meio de contato com as lesões da pele, o ideal é ficar longe de objetos contaminados com secreções de vesículas e membranas mucosas de pacientes infectados.

Complicações mais comuns causadas pelo Cobreiro

As principais complicações que podem ser causadas pelo Cobreiro, são:

  • Nevralgia pós-herpética (NPH), dor persistente por 4 a 6 semanas após a erupção cutânea, que se caracteriza pela refratariedade ao tratamento. É mais frequente em mulheres e após comprometimento do trigêmeo.
  • Infecção bacteriana secundária de pele, como impetigo, abscesso, celulite, erisipela, causadas por Staphylococcus aureus, Streptococcus pyogenes ou outras que podem levar a quadros sistêmicos de sepse, com artrite, pneumonia;

A doença tem cura?

Na maioria dos casos, a doença evolui para a cura espontânea entre 2 e 4 semanas. Se as dores persistirem após o desaparecimento das lesões, é necessário buscar auxílio médico.

Vacina: Como prevenir a Herpes Zóster?

A vacina contra Herpes zoster é a melhor forma de prevenção. Sendo indicada para pessoas com mais de 50 anos, e deve ser administrada como rotina para maiores 60 anos de idade, independente do histórico anterior de Herpes zoster, ou se houve a vacinação ou não contra varicela.

Outras medidas que devem ser adotadas para prevenir o Herpes Zoster, são:

  • Cobrir as lesões com um curativo;
  • Lavar as mãos após tocar nas lesões;
  • Pacientes devem ficar isoladas pois pode ocorrer transmissão respiratória.

Mulher com herpes zóster

Tratamento da Herpes Zoster

O tratamento é realizado com medicamentos analgésicos e antivirais, como aciclovir ou valaciclovir. Com as lesões é recomendado realizar a higiene da pele com água e sabonete, com o adequado corte das unhas.

Se houver infecção secundária, recomenda-se o uso de antibióticos, em especial para combater estreptococos do grupo A e estafilococos.

Principais dúvidas sobre Herpes Zoster:

Herpes Zoster pode matar?

A herpes pode levar a outras complicações mais graves se não forem tratadas e levar a morte.

Quem pega Herpes Zoster com mais facilidade?

Pessoas idosas, com algum comprometimento imunológico e portadoras do vírus da imunodeficiência (HIV) possuem mais facilidade de contrair o vírus.

Quais as sequelas da Herpes Zoster?

As sequelas podem ser cicatrizes no local em que as lesões ocorreram, cegueira e surdez. Além disso, em alguns casos pode ocorrer nevralgia, que pode durar meses.

Quem tem Herpes Zoster tem que fazer repouso?

Pacientes com herpes zoster disseminado devem ficar de repouso e isolados para não transmitir.

Quem já teve Herpes Zoster pode ter novamente?

Sim, o herpes zoster pode ocorrer mais de uma vez, especialmente em indivíduos imunodeprimidos.

Qual é o médico especializado para diagnosticar esse tipo de Herpes?

O médico especialista para diagnosticar é o dermatologista e infectologista. Em casos mais graves é necessária a avaliação de um neurologista.

 

Saiba também: Para que servem as vacinas

Veja onde se vacinar em Locais de Aplicação

 

Fonte

Ministério da Saúde. Herpes (Cobreiro): causas, sintomas, tratamento, diagnóstico e prevenção. Disponível em: Ministério da Saúde.

Vacinas por Perfil

Aqui você encontra todas as vacinas que você deve tomar de acordo com seu perfil e cuidados ao viajar.

MaisLidas