Agende já suas vacinas
Vacinas
14 jul 2020 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Entenda os riscos de quem tem HPV na gestação e os cuidados no tratamento

O HPV na gravidez pode gerar inúmeras dúvidas e preocupações, mas as futuras mães podem ficar tranquilas, pois mesmo a vacina contra HPV ser contraindicada durante a gestação, há tratamento específico para tratar a infecção e viver normalmente.

Qual o risco do HPV em gestante?

Durante a gravidez, o HPV pode ocasionar o aumento do número de verrugas na região vaginal devido às alterações hormonais, modificações do sistema imunológico durante a gestação e ao aumento da vascularização da região genital.

O HPV pode ser tratado na gravidez?

Sim, porém saber como tratar o HPV depende de diversos fatores como o tipo e o tamanho das lesões. O médico especialista é responsável por analisar a melhor forma de tratamento para a doença. Por isso, é importante que a mulher tenha se vacinado contra o HPV antes de engravidar, já que esse é o principal método contra a doença.

Posso tomar a vacina HPV na gestação?

Não, há vacinas na gravidez que são contra indicadas, assim como as duas vacinas HPV disponíveis. Uma mulher que iniciou o esquema de vacinação e engravidou deve interromper a vacinação para HPV e retomar o esquema quando o bebê nascer. Não há necessidade de refazer nenhuma dose, só completar as que estiverem faltando.

Mulher gravida segurando um ursinho

Quem tem HPV pode passar para o bebê?

Na hora do parto, mesmo que que os bebês sejam contaminados, geralmente não chegam a apresentar quaisquer sinais da doença. Apesar disso, há a possibilidade de contaminação que pode se manifestar através da região oral, genital, ocular e laríngea.

O médico deverá analisar se as verrugas genitais estão presentes dentro do canal de parto ou em áreas por onde o bebê passará e poderá entrar em contato com o vírus. Esta avaliação permitirá ao médico indicar a cesariana ou o parto normal e evitar que o bebê tenha contato com o vírus. 

Quem tem o  HPV pode engravidar?

Sim, quem tem o vírus pode engravidar normalmente, porém, os especialistas recomendam aguardar quando há presença de lesões pré-malignas ou malignas que estejam em tratamento.

Qual exame detecta HPV na gravidez?

O exame de Papanicolau é o preventivo mais comum para o HPV. É capaz de detectar alterações nas células causadas pelo vírus, que podem vir a se tornar câncer de colo do útero e lesões precursoras deste câncer.

Durante a gravidez, o exame é recomendado apenas até o quarto mês de gestação e não causa nenhum mal ao útero ou ao bebê.

 

Veja também: Sintomas do HPV feminino e os primeiros sinais nas mulheres

Veja onde se vacinar em Locais de Aplicação

 

Fontes

https://sbim.org.br/images/files/faq-hpv-dez-2017.pdf

http://www.saude.gov.br/images/pdf/2017/dezembro/07/Perguntas-e-respostas-HPV-.pdf

Vacinas por Perfil

Aqui você encontra todas as vacinas que você deve tomar de acordo com seu perfil e cuidados ao viajar.

MaisLidas