Agende já suas vacinas
Vacinas
15 jul 2020 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Como é a rotina das imunizações em tempos de pandemia?

Em março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto da doença por Coronavírus como pandemia. Desde então, o novo vírus vem nos ensinando a adaptar nosso jeito de viver e conviver com isso.

Mesmo durante a pandemia, a vacinação é importantíssima e deve ser prioridade para a saúde pública para evitar surtos de outras doenças. Respeitando a realidade de cada região, a vigilância das doenças evitáveis por vacinação (DEV) precisa ser reforçada, a fim de detectar e tratar precocemente os casos.

Para isso, novas estratégias estão sendo repensadas para preservar a segurança dos profissionais da saúde, da comunidade e dos cuidadores.

Essas estratégias têm como objetivo evitar aglomerações e incluem o ambiente de espera, a necessidade de distanciamento social e triagem de pessoas com suspeita de doenças respiratórias.

Espera: Deve ocorrer na área externa pré-definida e devidamente identificada;

Distanciamento social: O local deverá ser sinalizado a cada 2 metros para evitar que as pessoas se aglomerem;

Triagem: Pessoas com sintomas respiratórios, febre ou outros sintomas de COVID-19 e que tiveram contato próximos com pacientes que tenham suspeita ou confirmação do vírus, deverão aguardar ao menos 14 dias para se vacinar.

Alguns cuidados muito importantes devem acontecer não só durante a pandemia, mas sempre que uma pessoa for vacinada.

Família se protegendo contra vírus

Os profissionais que forem aplicar a vacinação deverão higienizar as mãos com água e sabão ou álcool 70% antes e após a aplicação da vacina e na frente da pessoa que vai ser vacinada.

IMPORTANTE: O uso de luvas não é recomendado e não substitui a higienização das mãos.

Além disso, a higienização deve ser feita toda vez que o profissional:

  • Tocar no paciente, antes e depois;
  • Tiver contato com superfícies próximas ou tocadas pelo paciente;
  •  Realizar qualquer procedimento limpo ou asséptico;
  • For exposto a fluidos corporais.

Caso o atendimento seja limitado, deve-se priorizar a vacinação de crianças menores de 5 anos, gestantes e grupos de risco, que são mais vulneráveis.

Outras doenças infecciosas que podem ser prevenidas por vacinas continuam circulando o tempo todo e expõe você e sua família a grandes riscos. Nesse momento, é preciso escolher um local que seja perto de sua residência, evitar transportes públicos, higienizar as mãos sempre que possível e utilizar máscaras de proteção. 

O uso de máscaras é recomendado pelas autoridades sanitárias e elas devem ser utilizadas com o intuito de reduzir a propagação da COVID-19, protegendo você e outras pessoas ao seu redor. Lembre-se que é de suma importância manter as mãos higienizadas ao colocar e retirar a máscara, sempre trocar quando o acessório estiver úmido e não compartilhar com outras pessoas em hipótese alguma.

A vacina é um método seguro de prevenção e não aumenta o risco de contrair a COVID-19. Manter a vacinação em dia de crianças, adolescentes, adultos e idosos protege você, sua família e toda a população de doenças gravíssimas!

Perdeu sua carteira de vacinação? Não se preocupe! Saiba o que fazer clicando aqui.

 

Veja também: Como tratar o HPV

Veja onde se vacinar em Locais de Aplicação

 

Fontes

Cartilha Campanha SBIm

Vacinas por Perfil

Aqui você encontra todas as vacinas que você deve tomar de acordo com seu perfil e cuidados ao viajar.

MaisLidas