Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Pneumonia: o que é, sintomas, prevenção e como tratar

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 07 ago 2020 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Pneumonia: o que é, sintomas, prevenção e como tratar

A pneumonia é uma doença que acomete o trato respiratório inferior e deve ser tratada imediatamente para evitar qualquer complicação.

A pneumonia adquirida na comunidade (PAC) é a principal causa de morte em crianças abaixo de 5 anos. Além disso, a PAC coloca uma carga substancial nos serviços de saúde e é a principal causa de encaminhamento e admissão hospitalar.

No Brasil, em 2017, ocorreram 1.117.779 internações em crianças menores de 5 anos e foram registrados 2.349 óbitos por doenças respiratórias na mesma faixa etária.

Embora a PAC não seja uma causa frequente de morte, é uma das principais causas de internação hospitalar no Brasil.

Entre o final do século passado e o início do atual, ocorreram mudanças significativas no cenário da PAC na infância. Isso ocorreu graças à implementação progressiva de vacinas bacterianas conjugadas, especificamente a vacina Haemophilus influenzae tipo b (Hib) e as vacinas pneumocócicas conjugadas.

Entenda o que é, os sintomas em bebês e crianças, como se prevenir e como tratar.

O que é pneumonia viral?

A pneumonia viral é uma infecção do trato respiratório inferior que compromete as trocas gasosas nos alvéolos e pode ser acompanhada por inflamação do parênquima pulmonar.

É uma infecção causada pelo vírus Influenza A ou B, que é o causador da gripe. Outros vírus respiratórios podem também causar pneumonia, como o Coronavírus, hantavírus americanos, vírus do sarampo e varicela.

Pneumonia viral e bacteriana: qual é mais grave?

A pneumonia bacteriana geralmente é mais grave, podendo levar os pacientes a desenvolverem quadros mais sérios da doença. A pneumonia viral normalmente pode ser tratada de maneira simples e normalmente possui uma recuperação mais rápida. Entretanto, há exceções: a pneumonia pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) pode ser muito grave, apesar de ser causada por um vírus.

Sintomas de pneumonia viral

Os sintomas de pneumonia viral são:

  • Tosse seca ou com catarro ou pus;
  • Dores agudas no peito ou nas costas;
  • Febre;
  • Calafrios;
  • Dificuldade ou dor ao respirar;
  • Falta de ar;
  • Arritmia cardíaca;
  • Respiração acelerada;
  • Fadiga;
  • Fraqueza
  • Sudorese. 

Pneumonia viral é contagiosa?

Sim, a pneumonia viral pode ser transmitida através de pequenas partículas aerossolizadas pela tosse ou espirro de pacientes infectados. 

Geralmente, esse tipo de pneumonia ocorre com maior frequência durante o inverno, tempo em que as pessoas tendem a ficar aglomeradas em locais fechados e sem grande circulação de ar, o que possibilita a disseminação do vírus.

Como é o tratamento para pneumonia viral?

A maioria dos pacientes com pneumonia viral recupera-se sem grandes complicações. Dependendo de cada caso, o médico especialista poderá recomendar o uso de antivirais para controle dos sintomas.

Pneumonia viral em bebês e crianças: como identificar sintomas?

 A pneumonia viral em bebês e crianças pode se manifestar através de sintomas como:

  1. Febre;
  2. Respiração curta e rápida;
  3. Dificuldade para dormir;
  4. Tosse;
  5. Vômito;
  6. Diarreia;
  7. Choro sem motivo aparente. 

Como tratar pneumonia viral em bebê?

O tratamento da pneumonia viral em bebês deve ser prescrito por um pediatra, que será capaz de avaliar a situação de cada caso. 

Existe relação entre coronavírus e a pneumonia viral?

Sim, a COVID-19 pode desencadear quadros graves em alguns pacientes, que desenvolvem pneumonia: a pessoa fica com falta de ar, fraqueza intensa e a febre persiste após os 7 dias.

O médico Richard Levitan, relatou em um artigo publicado pelo The New York Times, que a pneumonia da COVID-19 pode em alguns casos causar uma hipóxia silenciosa, que significa uma privação do oxigênio sem que a pessoa sinta desconforto respiratório. Esses pacientes apresentavam baixa saturação de oxigênio e não sentiam nenhum desconforto respiratório, o que pode comprometer o diagnóstico precoce da doença. 

Prevenção da pneumonia viral em adultos e crianças

Os especialistas afirmam que as melhores formas de prevenção são: 

  • Tomar a vacina da gripe;
  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão;
  • Evitar o uso de cigarro ou tabaco;
  • Evitar locais aglomerados com pouca circulação de ar.

 

Veja também: Vacina Pneumocócica

Veja onde se vacinar em Locais de Aplicação

 

Fontes

Michelin L, Weber FM, Scolari BW, Menezes BK, Gullo MC. Mortalidade e custos da pneumonia pneumocócica em adultos: um estudo transversal. J Bras Pneumol. 2019;45(6):e20180374 

Nascimento-Carvalho CM. Community-acquired pneumonia among children: the latest evidence for an updated management. J Pediatr (Rio J). 2020;96(S1):29-38.

Tuasaude.com. Sintomas de pneumonia no bebê e como tratar [Julho 2020]. Disponível em: Tua Saúde

Vacinas relacionadas