Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Psoríase: entenda o que é a doença, quais os seus sintomas e tipos de tratamento existentes

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 05 jan 2022 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Psoríase: entenda o que é a doença, quais os seus sintomas e tipos de tratamento existentes

Psoríase é uma condição crônica da pele que acomete cerca de 2% de toda a população mundial. Devido ao fato da sua fisiopatologia não estar completamente esclarecida, a doença é considerada autoimune, ou seja, quando o sistema imunológico ataca células saudáveis do corpo.  

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, os dados disponíveis do Censo Dermatológico da Sociedade Brasileira de Dermatologia, mostram que o diagnóstico de psoríase foi verificado em 1.349 de um total de 54.519 pessoas que consultaram dermatologistas em estabelecimentos públicos e privados, totalizando 2,5% dessa amostra. Estudo mais recente, realizado por consulta telefônica, mostrou uma prevalência de 1,31% de uma amostra de 8947 pessoas em 3002 residências pesquisadas. 

Psoríase: o que é?  

É uma doença crônica da pele, caracterizada pela presença de manchas avermelhadas e recobertas por escamas esbranquiçadas. Não é uma condição contagiosa, mas pode ser incapacitante devido às lesões cutâneas e à presença da forma articular que configura a artrite psoríaca. 

Psoríase pode afetar indivíduos de todas as faixas etárias, gêneros e etnias. 

Quais os sintomas da psoríase na pele?  

Os sintomas dependerão do tipo de psoríase. Veja: 

  • Psoríase Vulgar: lesões de tamanhos diversos, delimitadas e avermelhadas, com escamas secas, aderentes, prateadas ou acinzentadas que aparecem no couro cabeludo, joelhos e cotovelos; 
  • Psoríase Palmo-Plantar:  lesões semelhantes a fissuras nas palmas das mãos e solas dos pés; 
  • Psoríase Gutata:  lesões em formato de gotas. Normalmente, aparecem no tronco, braços e coxas. É mais frequente em crianças e jovens adultos; 
  • Psoríase Invertida: lesões mais úmidas, localizadas em áreas de dobras, como couro cabeludo, joelhos e cotovelos; 
  • Psoríase Ungueal: depressões puntiformes ou manchas amareladas, especialmente nas unhas das mãos; 
  • Psoríase Eritrodérmica: lesões generalizadas em 75% ou mais do corpo; 
  • Psoríase Artropática:  dor nas pontas dos dedos das mãos e dos pés ou no joelho. Está relacionada a comprometimento articular; 
  • Psoríase Pustulosa: lesões com pus nos pés e nas mãos ou espalhadas pelo corpo. 

O que fazer para controlar a psoríase?  

Normalmente, para tratar a doença utilizam-se medicamentos tópicos (que se passa no corpo) ou sistêmicos (que devem ser ingeridos).  

Casos leves e moderados são a maioria e podem ser controlados com medicação local, hidratação da pele e tomando sol.   

Cada tratamento deve ser individualizado e proposto por um médico especialista, visto que algumas pessoas precisam de suporte psicológico para conviver com a doença. 

Como se transmite a psoríase?  

Não é uma doença transmissível, não sendo possível contrair a psoríase apenas tocando em algum portador ou compartilhando roupas e objetos.  

Ainda não se sabe ao certo o que causa a condição. O que se sabe até o momento é que existe a possibilidade de causas genéticas, imunológicas, ambientais e psicológicas. 

Quais alimentos pioram a psoríase?  

Os alimentos que pioram a psoríase são: carnes vermelhas, frituras, açúcar, farinha branca e alimentos embutidos. 

Já determinados alimentos são capazes de reduzir os picos inflamatórios causados pela doença. Os principais são: 

  • Peixes: salmão, atum, sardinha, bacalhau e entre outros peixes de água fria. 
  • Azeite; 
  • Nozes; 
  • Sementes; 
  • Frutas: manga, figo e morango; 
  • Verduras: couve; 
  • Legumes: cenoura, batata doce, abóbora e brócolis. 

A relação entre alimentação saudável e imunidade é inegável. Uma dieta rica em fibras e variedades pode ajudar em diversas condições médicas. Se possível, procure um nutricionista! 

Psoríase tem cura?   

A psoríase não tem cura. O tratamento proposto serve para aumentar a qualidade de vida dos portadores. 

Fontes  

SBD. 10 verdades sobre psoríase. Disponível em: https://www.sbd.org.br/psoriasetemtratamento/noticias/informe-se/10-verdades-sobre-psoriase/   

Ministério da Saúde. Psoríase. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/psoriase/ 

Comentários