Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Conheça as reações mais comuns à vacina de sarampo e o que fazer em caso de efeitos colaterais

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 10 jul 2020 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Conheça as reações mais comuns à vacina de sarampo e o que fazer em caso de efeitos colaterais

É comum que algumas vacinas apresentem eventos adversos após a aplicação e devemos ficar atentos a isso.  Na vacina de sarampo esses eventos são raros, mas podem acontecer.

No texto abaixo explicamos qual a reação da vacina de sarampo, com qual frequência ocorre e o que fazer para amenizar os sintomas. 

 

Qual a reação da vacina de sarampo?

A vacina sarampo é, em geral, pouco reatogênica e os eventos adversos acontecem apenas em uma pequena parcela das pessoas vacinadas.

Reação comum

As reações comuns à vacina que podem acontecer são:

  • Febre;
  • Exantema.

Essas reações podem ocorrer entre o 4º e 12º dia em até 5% dos vacinados.

Reação incomum (ocasionais)

As reações incomuns da vacina são:

  • Febre alta (maior que 39,5⁰C);
  • Dor de cabeça;
  • Irritabilidade;
  • Lacrimejamento e vermelhidão dos olhos.

Reação rara

  • Reações locais como vermelhidão, ardência, dor e formação de nódulo (acometem menos de 0,1% dos vacinados);
  •  Inflamação das meninges (meningite);
  • Inflamação do cérebro (encefalite);

(ambas acontecem e um a cada 1 milhão a 2,5 milhões de vacinados com a primeira dose)

  • Anafilaxia, que acontece quase sempre nos primeiros 30 minutos depois da aplicação da vacina (são eventos adversos raríssimos).

 

O que fazer se eu tiver reação à vacina de sarampo?

Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), nesses casos é recomendado utilizar compressas frias que aliviam o incômodo no local da aplicação. Em caso de eventos adversos graves ou persistentes, um médico deve ser consultado.

Clique aqui para entender mais sobre quem deve tomar a vacina do sarampo e outras dúvidas frequentes sobre a imunização.

 

Veja também: Vacinas na gravidez: as vacinas indispensáveis no período de gestação

Veja onde se vacinar em Locais de Aplicação

 

Fontes

http://ftp.medicina.ufmg.br/observaped/artigos_infecciosas/SARAMPO_22_8_2014.pdf

https://www.scielo.br/pdf/jbpml/v55n4/pt_1676-2444-jbpml-55-04-0390.pdf

http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/sarampo#:~:text=Sarampo%20%C3%A9%20uma%20doen%C3%A7a%20infecciosa,o%20sarampo%20%C3%A9%20pela%20vacina.

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/index.php?p=261046

https://familia.sbim.org.br/vacinas/perguntas-e-respostas/sarampo

Vacinas relacionadas