Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Temperatura de febre: a partir de quantos graus é febre? Como medir corretamente?

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 09 fev 2021 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Temperatura de febre: a partir de quantos graus é febre? Como medir corretamente?

Você sabe a partir de quantos graus é considerado febre? No texto abaixo explicamos tudo sobre a temperatura da febre, para não restarem mais dúvidas!

O que é febre?

A febre acontece quando há um aumento temporário da temperatura corporal.

Causas comuns de febre

A febre pode ser causada por diversas condições, dentre as mais comuns estão: 

  • Infecções virais, como a gripe;
  • Infecções bacterianas;
  • Infecções fúngicas;
  • Hemorragias;
  • Traumatismos;
  • Exposição a grandes temperaturas ambientais;
  • Tumores cerebrais;
  • Câncer;
  • Leucemia;
  • Linfomas;
  • Embolia pulmonar;
  • Doenças reumáticas;
  • Tromboflebite;
  • Infarto;
  • Excesso de atividade musculoesquelética;
  • Hipertireoidismo.

Além disso, a vacina da gripe pode dar febre, assim como outras vacinas. Para não haver preocupações extremas, recomenda-se que sempre leia os possíveis eventos adversos antes de se vacinar.

Sintomas que podem acompanhar a febre

Os sintomas mais comuns que podem acompanhar a febre são:

  • Calafrios;
  •  Dor de cabeça;
  • Dor muscular;
  • Apatia;
  • Irritabilidade;
  • Desidratação.

Qual a temperatura normal do corpo?

A temperatura corporal pode oscilar durante o dia, estando entre 36 oC no início da manhã e 37,5  oC no fim da tarde. 

A partir de quantos graus é febre?

É considerado febre quando a temperatura corporal está igual ou acima de 37,8oC.

Hipotermia e hipertermia: o que são?

A hipotermia significa que houve uma queda significativa na temperatura do corpo. A condição pode estar relacionada à prolongada exposição a ambientes frios. 

Já a hipertermia é o contrário da hipotermia. É quando a temperatura corporal se eleva tendo como uma das causas a exposição ao calor excessivo.

Temperatura de febre em adultos

A febre em adultos é caracterizada da seguinte maneira, de acordo com infectologistas:

Febrícula: De 37,3 ºC a 37,8 ºC;

Febre: Acima de 37,8 ºC; 

Febre em bebês e crianças 

A temperatura normal de um bebê pode já estar alterada sem que atinja 37,8 ºC. A febre é uma manifestação de alguma doença, tendo o papel de defesa orgânica. Portanto, devemos ficar atentos. 

Como medir a febre corretamente?

Para medir a febre, basta colocar o bulbo do termômetro debaixo das axilas e esperar o tempo da medição com o braço imóvel. O termômetro deverá ser retirado após cinco minutos, tempo suficiente para analisar o resultado. 

Além dessa maneira mais comum, existe a possibilidade de medir a temperatura oral ou retal, porém esses métodos são mais utilizados em clínicas ou hospitais e não são recomendados em situações convencionais. 

Tipos de termômetros

O termômetro é o único objeto capaz de identificar a febre. Conheça os tipos:

Termômetro digital

Avaliar a presença da febre utilizando um termômetro digital é fácil.

Para medir a temperatura com ele, basta ligá-lo, colocá-lo debaixo da axila, aguardar alguns minutos e aguardar até que ele emita um sinal sonoro para você analisar o resultado.

Termômetro infravermelho

O termômetro infravermelho pode ser usado no ouvido ou na testa.

No ouvido, basta colocar a ponta do termômetro no interior do ouvido, apertar o botão para ligá-lo e ler o valor da temperatura, que aparece instantaneamente.

O termômetro de testa é muito utilizado para medir a temperatura através de contato direto com a pele ou a uma distância de até 5 cm da testa.

Termômetro de vidro

Os termômetros analógicos mostram a temperatura de uma outra maneira. Assim como o termômetro digital, o termômetro de vidro deve ser inserido debaixo das axilas, aguardar 5 minutos e verificar a temperatura, de acordo com o local onde o líquido presente no objeto termina.

Quando a febre deve ser preocupante?

A febre é sempre um sinal de alerta. Crianças pequenas, especialmente abaixo de 6 meses, devem ser avaliadas no mesmo dia por um médico se apresentarem febre.

Já crianças a partir dos 6 meses de idade podem ser observadas um pouco mais antes de serem levadas ao médico. Entretanto, se apresentarem choro persistente e irritabilidade extrema, devem ser avaliadas imediatamente por um médico.

Para crianças acima de 1 ano e adultos, é necessário observar se a febre está acompanhada dos seguintes sintomas:

  • Dor de cabeça persistente;
  • Sensibilidade a luz;
  • Nunca enrijecida;
  • Irritabilidade;
  • Vermelhidão na pele;
  • Confusão mental;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dificuldade de respiração.

Nesses casos, é recomendado o auxílio médico para avaliação dos sintomas e diagnóstico de uma possível doença. 

Entenda tudo sobre a febre amarela e como se prevenir.

Fontes

Drauzio Varella. Febre. Disponível em: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/febre/

Tua Saúde. Como usar o termômetro digital, de vidro ou infravermelhos. Disponível em: https://www.tuasaude.com/como-usar-o-termometro/

Comentários