Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Vacina meningocócica: entenda para que servem e quando tomar as vacinas contra meningite

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 21 jul 2020 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Vacina meningocócica: entenda para que servem e quando tomar as vacinas contra meningite

Mundialmente, estima-se que ocorram 500 mil casos de meningite e 50 mil óbitos por ano, sendo o sorogrupo A é o principal responsável por esse número. Já no Brasil, o meningococo C é o responsável pela maioria dos casos no país.

A vacina contra meningite é de extrema importância, pois a infecção apresenta grande potencial epidêmico e a prevenção é o método mais eficaz para combater a bactéria.

O que é meningite?

O que é meningite?

A meningite é uma infecção grave que atinge diretamente as meninges – que são as membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, causada pela bactéria Neisseria meningitidis (meningococo) e que, se não tratada rapidamente, pode levar o paciente infectado a óbito em menos de 24 horas ou deixar sequelas da meningite.

O meningococo é caracterizado por 12 sorogrupos capsulares (A, B, C, E, H, I, K, L, W, X, Y e Z), de acordo com a composição bioquímica e a estrutura do polissacarídeo capsular. Os sorotipos A, B, C, W, X e Y são responsáveis pela maioria dos casos de meningite.

A doença é muito grave, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade. É importante observar quaisquer sintomas de meningite em bebês e procurar auxílio médico o mais rápido possível para fazer os exames de diagnóstico. 

Saiba como diagnosticar meningite precocemente e evitar complicações e possíveis sequelas causadas pela doença.

Cobertura vacinal e vacina contra diversos tipos de meningite disponíveis no SUS

O SUS disponibiliza 4 vacinas que conferem proteção contra diferentes tipos de meningite:

  • Vacina meningocócica conjugada sorogrupo C (previne a meningite bacteriana causada pelo meningococo do sorogrupo C);
  • Vacina pentavalente (protege contra a meningite causada pelo Haemophilus influenzae tipo b);
  • Vacina pneumocócica conjugada 10-valente (protege contra a meningite causada por dez sorotipos de Streptococcus pneumoniae);
  • Vacina BCG (previne a meningite tuberculosa).
Quais os tipos de vacina?

Quais os tipos de vacina contra meningite?

Conheça os tipos de vacina capazes de prevenir a meningite:

1. Vacina meningocócica C

A vacina meningocócica C conjugada (MenC) foi implantada em 2010 no calendário de vacinação da criança do Programa Nacional de Imunizações (PNI). 

Quando tomar? 

A partir de 2 meses de idade. No SUS ela é administrada aos 3 e 5 meses de idade, com reforço aos 12 meses. A vacina também pode ser tomada por adolescentes e adultos, para controle de surtos, realização de bloqueios vacinais ou vacinação em massa.

2. Vacina meningocócica ACWY

A vacina tetravalente protege contra os sorogrupos A, C, W, Y do meningococo.

Quando tomar? 

A vacina meningocócica ACWY é licenciada para crianças a partir de 2 meses de idade, adolescentes e adultos. É recomendada no SUS para adolescentes de 11 e 12 anos. Pacientes do grupo de risco (asplenia, deficiência de complemento) também deve receber uma dose da vacina a cada 5 anos.

3. Vacina meningocócica B

Auxilia na proteção de crianças a partir de 2 meses e adultos até 50 anos de idade.

Quando tomar? 

A vacina meningocócica B pode ser aplicada a partir de 2 meses de idade até os 50 anos.

Bebês entre os 3 e os 5 meses de idade necessitam de 2 doses e reforço da vacina entre 12 e os 23 meses.

Bebês entre os 6 e 11 meses e crianças de 12 a 23 meses devem tomar 2 doses da vacina com reforço entre 12 e 24 meses.

A partir de 24 meses, são recomendadas 2 doses da vacina com intervalo de 2 meses entre as doses.

4. Vacina pneumocócica conjugada

Essa vacina tem como objetivo prevenir doenças como pneumonia, meningite e septicemia, causadas pela bactéria S. pneumoniae.

Quando tomar? 

A vacina deve ser tomada a partir de 6 semanas até os 5 anos de idade.

São necessárias 3 doses em crianças até 6 meses, com reforço após 12 meses. A partir de 12 e até 23 meses recomendam-se 2 doses. A partir de 24 meses, somente 1 dose. 

5. Vacina conjugada contra Haemophilus influenzae tipo b

Essa vacina imuniza contra doenças como meningite, septicemia, artrite, epiglotite e pneumonia causadas pela bactéria Haemophilus influenzae tipo b

Quando tomar? 

A vacina é indicada para crianças entre 2 meses e 5 anos de idade, sendo 3 doses para crianças de 2 a 6 meses, 2 doses de 6 a 12 meses e dose única a partir do primeiro ano de vida.

Vírus da meningite

Principais dúvidas

Principais dúvidas sobre vacina meningo:

Qual vacina da meningite meningocócica não tem no SUS?

A vacina meningocócica C está disponível no SUS desde 2010. Recentemente foi introduzida também no SUS a vacina meningocócica ACWY para adolescentes de 11 e 12 anos de idade.

A vacina meningocócica B não está disponível no SUS.

Quantas doses da vacina meningocócica são necessárias?

Em bebês são recomendadas 2 doses, seguidas de um reforço a partir de 12 meses. Porém crianças acima de 12 meses necessitam de apenas 1 dose.

Como é aplicada a vacina meningocócica?

Em bebês e crianças até 2 anos, a vacina é aplicada na região lateral da coxa.

Já em crianças maiores, adolescentes e adultos, a vacina é aplicada no braço.

Qual idade para tomar vacina contra meningite?

A partir de 2 meses de idade é recomendado tomar a vacina contra meningite.

Onde é aplicada a vacina meningocócica?

Em bebês, a vacina é aplicada na área mais próxima da frente e de fora da coxa.

Já em crianças maiores, adolescentes e adultos, a vacina é aplicada no braço.

Qual vacina da meningite é mais importante?

Todas são importantes pois previnem contra diferentes tipos de meningite.

No Brasil, o meningococo C é o principal responsável pelos casos no país. É importante tomar a vacina meningocócica C, implementada no calendário de vacinação desde 2010.

Quem tomou vacina contra meningite pode pegar a doença?

Sim, embora seja menos frequente, é possível pegar a doença causada por outros agentes menos comuns. 

As vacinas contra meningite precisam de reforço ao longo da vida?

O reforço é recomendado na infância em curto intervalo de tempo e a cada 5 anos dependendo da faixa etária.

Qual a diferença da vacina de meningite oferecida pelo SUS e na rede privada?

Antes o SUS apenas oferecia a vacina meningocócica conjugada C que previne contra esse tipo de meningite. Atualmente a vacina meningocócica ACWY, que antes era disponível apenas na rede privada, foi implementada na rede pública em adolescentes de 11 e 12 anos e confere proteção contra quatro diferentes tipos da bactéria.

Quais as possíveis reações da vacina?

Em 10% dos vacinados pode ocorrer: inchaço, endurecimento, dor e vermelhidão no local da aplicação; perda de apetite; irritabilidade; sonolência; dor de cabeça da meningite; febre; calafrios; cansaço; e dor muscular.

Entre 0,1% a 1% dos pacientes vacinados apresentam: insônia; choro persistente; sensibilidade diminuída da pele no local da aplicação; vertigem; coceira; dor muscular; dor nas mãos e pés e mal-estar

Todas as reações acima duram de 24 a 48 horas.

 

Veja também: Tudo sobre HVP

Veja onde se vacinar em Locais de Aplicação

 

Fontes

Science direct

Avaliação do sistema nacional de vigilância da doença meningocócica: Brasil, 2007-2017

Science direct

Tua saúde

SBIM

Vacinas relacionadas