Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Diferença da vacina da gripe na rede privada e pública

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 25 maio 2021 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Diferença da vacina da gripe na rede privada e pública

As diferenças da vacina da gripe na rede privada e pública estão na composição dos imunizantes e nas pessoas que são contempladas.

A gripe, que é causada pelo vírus Influenza, é uma infecção viral aguda, que acomete diretamente o sistema respiratório e é de alta transmissibilidade. A vacina da gripe é essencial para todas as pessoas com mais de seis meses de idade e é a forma mais segura e eficaz de prevenir a infecção.

Qual a diferença da vacina da gripe na rede privada e pública?

A vacina da rede pública é a trivalente e contém dois subtipos de Influenza A e um subtipo da Influenza B. 

Já a vacina fornecida pelos serviços privados é quadrivalente e confere uma proteção ainda maior, contendo dois subtipos de Influenza A e mais dois subtipos de Influenza B.

Vacinas oferecidas na rede pública e particular

Conheça as composições das vacinas trivalente e quadrivalente no ano de 2021.

Vacina trivalente 

Em 2021, no Brasil, a vacina trivalente contém as seguintes cepas de vírus: 

  • A/Victoria/2570/2019 (H1N1) pdm09;
  • A/Hong Kong/2671/2019 (H3N2);
  • B/Washington/02/2019 (linhagem B/Victoria).

Vacina tetravalente

Em 2021, a vacina Influenza quadrivalente fornece proteção contra H1N1, H3N2 e mais 2 vírus Influenza B. São eles:

  • A/Victoria/2570/2019 (H1N1) pdm09;
  • A/Hong Kong/2671/2019 (H3N2);
  • B/Washington/02/2019 (linhagem B/Victoria);
  • B/Phuket/3073/2013 (linhagem B/Yamagata).

Público da vacinação contra a gripe na rede particular e pública

Na rede pública, a campanha de vacinação contemplará os seguintes grupos: 

  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias);
  • Trabalhador da Saúde: todos os trabalhadores da saúde dos serviços públicos e privados;
  • Gestantes: em qualquer idade gestacional;
  • Puérperas: todas as mulheres no período até 45 dias após o parto;
  • Professores do ensino básico e superior;
  • Povos indígenas: toda população indígena, a partir dos seis meses de idade;
  • Idosos com 60 anos ou mais de idade;
  • Forças de segurança e salvamento;
  • Forças Armadas;
  • Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, tais como: Doença respiratória crônica; Doença cardíaca crônica; Doença renal crônica; Doença hepática crônica; Doença neurológica crônica; Imunossupressão; Transplantados e Portadores de trissomias;
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Caminhoneiros;
  • Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário passageiros urbano e de longo curso;
  • Trabalhadores Portuários;
  • População privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas. 

Já a vacina da gripe está disponível nos serviços particulares para todas as pessoas com mais de 6 meses de vida. 

Campanha de vacinação contra a gripe em 2021

Em 2021, já está ocorrendo a 23ª campanha da vacina da gripe, que se iniciou em 12 de abril e, a princípio, estará disponível até dia 09 de julho de 2021.

O principal objetivo da campanha é prevenir o aparecimento de complicações decorrentes da doença, óbitos e diminuir hospitalizações. Durante a pandemia do Coronavírus, a vacina da gripe é extremamente importante, pois reduz os sintomas que podem ser confundidos com a COVID-19.

Vacinas relacionadas

Comentários