Agende já suas vacinas
Vacinas
26 nov 2019 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Vacina particular X Vacina pública: diferenças e preços

Entenda as principais diferenças entre as vacinas aplicadas nos postos de saúde e laboratórios particulares 

Tanto as vacinas oferecidas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) gratuitamente, quanto aquelas oferecidas pela rede privada são seguras – aprovadas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) – e eficazes.

No entanto, como a vacinação pública envolve investimento estatal, não se pode oferecer à população toda a proteção em vacinas possível. O PNI, portanto, prioriza o acesso à vacinação a grupos de risco e contra doenças mais graves e disseminadas, seguindo o calendário anual de vacinação.

As vacinas particulares, que, em geral, são mais modernas, e podem representar, então, uma proteção a mais ao indivíduo, por ofertar doses que o imunizam contra outros tipos de agentes, além de, muitas vezes, serem produzidas de modo a minimizar os efeitos colaterais e a dor da aplicação.

Entenda a diferença de algumas vacinas entre a rede pública e particular

Vacina da Gripe

A vacina da gripe, por exemplo, encontra-se nos postos de saúde na forma trivalente, e, na rede privada, na forma quadrivalente, protegendo contra mais um subtipo do vírus Influenza, o Yamagata.

A vacina meningocócica C, por sua vez, encontra-se no Sistema Único de Saúde (SUS); porém, a meningocócica B e a meningocócica ACWY são encontradas apenas no sistema privado.

Já a vacina HPV quadrivalente, disponível na rede pública, protege contra os tipos 6, 11, 16 e 18 e se destina “a meninas de 9 a 14 anos de idade; meninos de 11 a 14 anos; pessoas que convivem com HIV/Aids entre 9 e 26 anos, transplantados entre 9 e 26 anos e pacientes oncológicos em tratamento com quimioterapia e radioterapia entre 9 e 26 anos”. Caso você não faça parte desse grupo, pode encontrá-la em laboratórios privados tanto na sua forma bivalente (tipos 16 e 18) quanto na sua forma quadrivalente (tipos 6, 11, 16 e 18), lembrando que essa vacina protege contra uma doença que pode levar ao câncer, nas mulheres.

Calendário

De modo geral, deve-se sempre conferir o calendário de vacinação do serviço público a fim de se informar sobre quais vacinas estão sendo disponibilizadas para cada tipo de grupo de risco.

As vacinas particulares podem ser consideradas como alternativa importante para que a pessoa não fique sem vacinação em casos em que se está fora dos grupos de risco cobertos pelo governo ou para vacinas que não foram tomadas quando ofertadas pela rede pública.

 

 

Fontes

Sbim: Onde se vacinar, Sbim: Meningo B , Sbim: Meningocócica ACWY , Sbim: Gripe, Interfarma , Saúde.Gov, Saúde Abril, Revista Crescer, Laboratório Lavoisier

Quanto aos preços:

Prometheus: Vacinas,Tua Saúde

Vacinas por Perfil

Aqui você encontra todas as vacinas que você deve tomar de acordo com seu perfil e cuidados ao viajar.

MaisLidas