Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Reações da vacina pentavalente e quanto tempo duram

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 06 nov 2020 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Reações da vacina pentavalente e quanto tempo duram

A reação da vacina pentavalente pode variar de pessoa para pessoa. É uma imunização importantíssima para prevenir cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, meningite por Haemophilus influenzae tipo b e hepatite B.

Esta vacina é um componente fundamental das políticas públicas de saúde para o controle de doenças infecciosas e não deve ser deixada de lado! Entenda mais sobre a vacina pentavalente:

O que fazer quando o bebê toma vacina Penta e apresenta reações?

Para aliviar as reações como vermelhidão, dor e inchaço, pode ser aplicado gelo no local da aplicação da vacina.

Na presença de outros sintomas, é recomendado consultar um médico especialista se pode utilizar medicamentos como antitérmicos e analgésicos para aliviar as reações.

Algumas crianças podem apresentar alergia a algum componente da vacina e essa reação pode se manifestar rapidamente, em até 30 minutos após a aplicação. Nesses casos, é necessário o socorro médico imediato.

Principais reações da vacina pentavalente

A vacina pentavalente apresenta algumas reações características. Veja:

Reações comuns nas primeiras 24 horas após a vacinação:

As reações mais comuns da vacina são:

  • Dor, vermelhidão e inchaço no local da aplicação;
  • Perda de apetite;
  • Irritabilidade;
  • Choro anormal;
  • Inquietação;
  • Sonolência;
  • Sintomas gastrointestinais (diarreia e vômito).

Quanto tempo dura a reação da vacina penta?

O tempo de duração da reação da vacina é de 24 a 72 horas.

O que fazer se os efeitos não passarem?

Se os sintomas da vacina não passarem em até 72 horas, é recomendado procurar auxílio médico para avaliar cada caso.

Onde tomar a vacina pentavalente?

A vacina pentavalente está disponível tanto nos serviços públicos de vacinação quanto nos privados.

  • Fornecimento pelo SUS: A vacina pentavalente na rede pública contém difteria, tétano, coqueluche de células inteiras, meningite por Haemophilus influenzae tipo b e hepatite B. Por conter células inteiras da Bordetella pertussis, ela é muito mais reatogênica que a vacina dada nos serviços privados.
  • Vacina particular: A vacina pentavalente particular contém difteria, tétano, coqueluche acelular, meningite por Haemophilus influenzae tipo b e IPV. Por NÃO conter células inteiras da Bordetella pertussis, ela é muito menos reatogênica que a vacina fornecida nos serviços privados.

Benefícios da vacinação particular:

  • Acesso às vacinas na hora que você agendar, sem filas de espera;
  • Disponibilidade a mais tipos de vacinas; 
  • Além disso, é possível escolher a opção da vacinação em domicílio, em que você não terá que se expor a contatos desnecessários e terá a mesma excelência de um laboratório sem sair de casa.

Saiba mais: Teste do Pezinho

Fonte

Minha Vida. Tudo sobre vacina pentavalente. Disponível em: https://www.minhavida.com.br/saude/tudo-sobre/16666-vacina-pentavalente#:~:text=A%20rea%C3%A7%C3%A3o%20da%20vacina%20pentavalente,72%20horas%20(tr%C3%AAs%20dias).

Vacinas relacionadas