Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Vacina contra pneumonia: o que é, quem deve tomar a vacina pneumocócica

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 05 ago 2020 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Vacina contra pneumonia: o que é, quem deve tomar a vacina pneumocócica

A vacina pneumocócica é muito importante para prevenir contra doenças como pneumonia, meningite e otite.

A infecção pneumocócica é uma causa significativa de morbimortalidade em todo o mundo. Crianças menores de 5 anos, idosos, pacientes com doenças crônicas e pessoas imunodeprimidas correm maior risco de contrair Pneumonia Pneumocócica (PP) e Pneumonia Pneumocócica Bacteriêmica (PPB).

Entenda a importância de se prevenir e tudo sobre a vacina pneumocócica:

Quais os tipos?

Quais os tipos de vacina contra pneumonia?

Vacina pneumocócica conjugada 10-valente (VPC10): previne contra 70% das doenças graves em crianças, causadas por dez sorotipos de pneumococos.

Vacina pneumocócica conjugada 13-valente (VPC13): previne contra 90% das doenças graves em crianças, causadas por 13 sorotipos de pneumococos.

O que as vacinas pneumocócicas previnem?

As vacinas pneumocócicas previnem contra pneumonia, meningite e otite. Tomar a vacina contra meningite também é necessário para evitar a infecção que apresenta grande potencial epidêmico.

Quem deve tomar a vacina pneumo?

As vacinas pneumocócicas são recomendadas para crianças de 2 meses a 5 anos de idade e para idosos maiores de 60 anos. Para pacientes portadores de doenças crônicas recomenda-se tomar a vacina em qualquer faixa etária.

Mulher com sintomas de pneumonia

Tudo sobre vacina pneumo

Tudo o que você precisa saber sobre as vacinas pneumo:

Do que são feitas:

Ambas as vacinas são inativadas, ou seja, não são capazes de causar a doença.

VPC10: composta de dez sorotipos de Streptococcus pneumoniae (pneumococo), oito deles conjugados com a proteína D do Haemophilus influenzae tipo b, um com o toxoide tetânico e outro com toxoide diftérico.

VPC13: composta de 13 sorotipos de Streptococcus pneumoniae (pneumococo), conjugados com a proteína CRM197. 

Indicações:

A vacina pneumocócica é indicada para crianças a partir de 2 meses e menores de 6 anos de idade. Crianças com mais de 6 anos, adolescentes e adultos portadores de doenças crônicas, pode ser necessário o esquema com as vacinas VPC13 e VPP23.

Idosos com mais de 60 anos, recomenda-se o esquema com as vacinas VPC13 e VPP23.

Contraindicação:

A vacina é contraindicada para crianças que apresentaram anafilaxia após usar algum componente da vacina ou após dose anterior da vacina.

Quantas doses da vacina pneumocócica?

VPC10: duas doses com intervalo de 2 meses no primeiro ano de vida e uma dose de reforço aos 12 meses de idade. 

VPC13: quatro doses aos 2, 4 e 6 meses de vida e reforço entre 12 e 15 meses. 

Crianças entre 1 e 2 anos e não vacinadas: duas doses com intervalo de dois meses.

Crianças entre 2 e 5 anos de idade: apenas uma dose.

Portadoras de doenças crônicas: pode ser necessário complementar a vacinação com a vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente.

Maiores de 60 anos: recomenda-se complementar a vacinação com a vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente, 2 doses com intervalo de 3 a 5 anos. De preferência, deve ser utilizada a vacina pneumocócica conjugada (Pneumo 13) antes da administração da vacina polissacarídica 23-valente (Pneumo 23).

  • Vacina pneumocócica 10 

A vacina pneumocócica 10 confere proteção contra 10 sorotipos de pneumococos. Desde 2016, o Programa de Vacinação passou a adotar a imunização na rotina de vacinação infantil. As crianças que foram vacinadas com a VPC10 também podem ser vacinadas com a VPC13.

  • Vacina pneumocócica 13

A vacina pneumocócica 13 confere proteção contra 13 sorotipos de pneumococos. É recomendada para crianças a partir de 6 anos, adolescentes e adultos com doenças crônicas. Geralmente é necessária apenas uma dose da vacina, porém em alguns casos são necessárias duas doses com intervalo de dois meses. Quando isso ocorre, é necessário complementar a vacinação com a vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente (VPP23).

Via de aplicação:

Ambas as vacinas são aplicadas por injeção via intramuscular.

Efeitos e eventos adversos:

VPC10: os sintomas mais comuns são dor inchaço e vermelhidão no local de aplicação e irritabilidade. Eventos adversos menos comuns são diminuição do apetite, febre, vômitos, erupção cutânea. É raro apresentar sintomas como choro persistente, convulsões, urticária, reação local intensa, episódio hipotônico-hiporresponsivo (EHH) e anafilaxia. 

VPC13: os sintomas comuns são diminuição do apetite, irritabilidade, sonolência, febre e reações no local da aplicação. Os menos comuns são caracterizados por diarreia, vômitos, erupção cutânea, febre acima de 39°C. Sintomas raros são náusea, alergia grave, gânglios no braço vacinado.

Cuidados antes, durante e após a vacinação:

A vacinação não exige nenhum cuidado prévio.

Caso o paciente apresente febre no dia da vacinação, ele deverá aguardar a melhora para poder se imunizar.

Após a vacinação, se houver incomodo no local de aplicação, recomenda-se o uso de compressas frias e em caso de eventos adversos graves, o serviço que realizou deve ser notificado.

Onde são encontradas?

Onde as vacinas pneumocócicas são encontradas?

A VPC10 é encontrada em todas as Unidades Básicas de Saúde para crianças de 2 meses a 2 anos, e nos serviços privados de vacinação, para crianças de 2 meses a 5 anos.

Crianças com até 5 anos que tenham condições de saúde que aumentem o risco de doença pneumocócica grave, podem tomar a vacina nos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE).

A VPC13 está disponível no CRIE e nos serviços privados de vacinação.

Principais dúvidas

Principais dúvidas sobre a vacina pneumocócica

Se eu já tomei a vacina contra pneumonia, eu posso pegar?

Sim, embora seja mais difícil, é possível pegar a doença mesmo que imunizado.

A vacina contra pneumonia ajuda a prevenir a COVID-19?

Ainda não existe vacina capaz de prevenir a COVID-19. A vacina pneumocócica previne contra outras infecções pulmonares graves.

Quanto tempo dura a vacina pneumocócica?

A vacina pode manter a proteção de 5 a 10 anos.

Qual a diferença entre a vacina pneumo 13 é a pneumo 23?

A vacina pneumocócica 13 contém 13 sorotipos de pneumococo e atua na prevenção de pneumonia em crianças maiores de 6 anos. 

Já a vacina pneumocócica 23 contém 23 sorotipos de pneumococo e previne contra eles.

Quanto custa?

Quanto custa a vacina contra pneumonia?

O preço da vacina nos serviços privados de vacinação varia de região para região, é necessário consultar diretamente com o laboratório de sua escolha.

Para crianças de 2 meses a 2 anos, a vacina VPC10 é encontrada em todas as Unidades Básicas de Saúde.

Crianças com até 5 anos de idade que possuem condições de saúde que aumentam o risco para doença pneumocócica grave, podem encontrar a vacina nos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE).

 

Veja também: Hepatite Viral

Veja onde se vacinar em Locais de Aplicação

 

Fontes

Michelin L, Weber FM, Scolari BW, Menezes BK, Gullo MC. Mortalidade e custos da pneumonia pneumocócica em adultos: um estudo transversal. J Bras Pneumol. 2019;45(6):e20180374 

Familia.sbim.org. Vacinas pneumocócicas conjugadas. [Abril 2020]. Disponível em: SBIM

Vacinas relacionadas