Vacinas.com.br Agende suas vacinas
Home Blog Vacinas Diferenças entre vacinas bacterianas e virais

Compartilhar com

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Whatsapp
Vacinas 19 maio 2021 | AUTOR: Equipe Vacinas.com.br

Diferenças entre vacinas bacterianas e virais

As vacinas bacterianas e virais utilizam-se de diferentes estratégias para conferir proteção contra determinadas doenças.

Como o próprio nome já diz, as infecções bacterianas são causadas por bactérias e as infecções virais são causadas por vírus. As bactérias são microrganismos unicelulares presentes em diversos ambientes. Já os vírus necessitam de hospedeiros vivos para se multiplicarem, podendo ser pessoas, plantas ou animais. 

O que são vacinas virais?

As vacinas virais podem ser compostas por vírus vivo ou por vírus vivo atenuado (enfraquecido). São elas:

Vacinas Virais
Vírus Vacina Doenças evitadas Tipo de vacina
Influenza Influenza (gripe) Gripe inativada
Varicela Zoster (VVZ) Varicela Varicela Viva atenuada
Varicela Zoster (VVZ) Herpes Zóster Herpes Zoster Viva atenuada
Papilomavírus humano HPV Quadrivalente Câncer de colo uterino, câncer de pênis, câncer de ânus, papilomatose laríngea e verrugas genitais Inativada
Febre amarela (gênero Flavivírus) Febre amarela Febre amarela Viva atenuada
Sarampo (gênero Morbillivirus)Caxumba (gênero Paramyxovirus)Rubéola (gênero Rubivirus) Tríplice viral – SCR Sarampo, caxumba e rubéola Viva atenuada
Hepatite A (HAV) Hepatite A Hepatite A Inativada
Hepatite B (HBV) Hepatite B Hepatite B Inativada
Raiva (gênero Lyssavirus) Raiva Raiva Inativada
Poliovírus Poliomielite oral (VOP) Poliomielite (paralisia infantil)  Viva atenuada
Poliovírus Poliomielite inativada (VIP) Poliomielite (paralisia infantil)  Inativada
Rotavírus Rotavírus Gastroenterite por Rotavírus Viva atenuada

O que são vacinas bacterianas?

As estratégias para formular uma vacina bacteriana irão depender de qual doença a vacina protegerá. Elas podem ser compostas de células inteiras inativadas e também por moléculas purificadas como polissacarídeos capsulares, proteínas inativas e recombinantes. São elas: 

Vacinas Bacterianas
Bactéria Vacina Doenças evitadas Tipo de vacina
Mycobacterium tuberculosis BCG Tuberculose Viva atenuada
Difteria: Corynebacterium diphtheriaeTétano: Clostridium tetaniCoqueluche: Bordetella pertussis DTP (células inteiras) Difteria, tétano e coqueluche Inativada
Difteria: Corynebacterium diphtheriaeTétano: Clostridium tetaniCoqueluche: Bordetella pertussis DTPa (acelular) Difteria, tétano e coqueluche Inativada
Difteria: Corynebacterium diphtheriaeTétano: Clostridium tetaniCoqueluche: Bordetella pertussis dTpa (acelular) Difteria, tétano e coqueluche Inativada
Difteria: Corynebacterium diphtheriaeTétano: Clostridium tetani dT Difteria e Tétano Inativada
Haemophilus influenzae tipo b (Hib) Haemophilus influenzae tipo b (Hib) Meningite, septicemia e pneumonia Inativada
Meningococo B Meningocócica B Meningite e infecções generalizadas Inativada
Meningococo C Meningocócica C conjugada Meningite e infecções generalizadas Inativada
Meningococo A, C, W e Y Meningocócica ACWY conjugada Meningite e infecções generalizadas Inativada
Salmonella typhi Vacina Febre Tifoide Febre tifoide Inativada

Podemos tomar vacinas de vírus e bactérias no mesmo dia?

De maneira geral, podemos tomar vacinas virais e bacterianas no mesmo dia. O que devemos levar em consideração é se se trata de vacinas vivas atenuadas ou inativadas.

As vacinas de vírus vivos atenuados podem habitualmente ser administradas no mesmo dia. Aquelas que não foram administradas no mesmo dia precisam de intervalo de no mínimo 30 dias entre elas.

As vacinas inativadas podem ser administradas no mesmo dia. Se não forem administradas no mesmo dia, em geral, não há necessidade de intervalo entre elas e nem entre vacinas vivas atenuadas e inativadas.

Atenção a algumas exceções:

A vacina zoster não pode ser administrada no mesmo dia que a vacina Pn23. Deve ser respeitado intervalo de 30 dias entre elas.

A vacina febre amarela não deve ser administrada no mesmo dia em que a vacina tríplice viral (SCR). Deve ser respeitado intervalo de 30 dias entre elas. Esta regra aplica-se especialmente para crianças entre 12 e 23 meses de idade.

Até o momento, as vacinas COVID-19 devem ter intervalo de 14 dias antes e 14 dias depois de cada dose para qualquer outra vacina.

Quais são os vírus e bactérias que não possuem vacinas?

Algumas doenças virais e bacterianas ainda não possuem vacinas disponíveis capazes de conferir proteção contra elas. Veja alguns exemplos: 

Vírus: Hepatite C, HIV, zikavírus e chikungunya.  

Bactérias: Estafilococo, Estreptococo e Treponema pallidum (causador da sífilis).

Vacinas relacionadas

		    
		    
		    
		    
		    
		    
		    
		    
	  	

Comentários